Comparação de Desempenho entre Máquinas Virtuais e Containers – por Bruno Rodrigues

Controle de recursos e isolamento têm sido o mantra em aplicações em nuvem até então somente possível através do uso do conceito de máquinas virtuais. Entregar aplicações em máquinas virtuais resulta em última análise em desempenho reduzido, mesmo considerando todos os esforços da indústria em desenvolver extensões em hardware e algoritmos para minimizar os custos computacionais de camadas extras de abstração necessárias para virtualização. Virtualização baseada em containers simplifica a implementação de aplicações ao mesmo tempo que promove isolamento.Nesta sessão, apresentamos comparativos de desempenho entre virtualização tradicional contra o modelo de containers, comparando custos computacionais para abstrações de CPU, memória, armazenamento e rede.

Deixe um comentário

1 comentário

  1. Comparação de Desempenho entre Máquinas Virtuais e Containers – por Bruno Rodrigues | thoughts...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: