Usando a abordagem Design Thinking no Planejamento da Capacidade

Adelson Lovatto

Design Thinking é uma abordagem para auxiliar no desenvolvimento de melhores produtos e serviços. Nesta apresentação descreveremos algumas técnicas, usadas nesta abordagem, e também seu possível uso no planejamento de capacidade e performance.

Internet das Coisas na plataforma Microsoft

Vivian Heinrichs – vheinrichs@hotmail.com

A Internet das Coisas já é uma realidade no nosso cenário mundial, inovando e transformando a forma como vivemos. Porém as soluções de IoT ainda podem ser complexas e trazem desafios na implementação. Nesta sessão veremos como podemos simplificar a Internet das coisas utilizando a plataforma Microsoft e um exemplo prático, da captura de dados de um dispositivo até a análise e ações que podemos tomar para criar cenários de monitoramento remoto, manutenção preventiva, entre outros.

Hacking SQL Server

Marcus Vinicius Bittencourt – mvbitt@gmail.com

Como garantir a segurança de seu ambiente de banco de dados SQL Server​?
Nesta sessão vamos revisitar os conceitos de segurança, onde são aplicados, como evitar invasões e acessos indevidos.
​Veremos de que forma o SQL Server pode ser configurado para previnir o ambiente de ataques e como muitas vezes configurações equivocadas podem ser exploradas.​
Simularemos uma invasão ao SQL Server explorando alguns conceitos mal interpretados ou configurados e algumas vulnerabilidades que passam despercebidas no ambiente.

Measurement and Management of SQL Server

Marcus Vinicius Bittencourt – mvbitt@gmail.com

Nessa sessão será abordado técnicas para medição e monitoramento de um SQL Server. DBA’s e empresas pecam na monitoria de seus ambientes, dados extremamente importantes e métricas são perdidas por falta de acompanhamento destes dados. Identificar contadores importantes e como analisa-los de forma a ter informações valiosas do seu ambiente, é um caminho para o bom conhecimento da sua estrutura. Vamos ver métodos e formas de identificar o comportamento do seu ambiente e como testá-lo da forma correta. Como utilizar destas informações para criar baseline e dimensionar o crescimento antes de sermos surpreendidos. Como trabalhar de forma proativa e evitar esforços maiores, um ambiente bem dimensionado e monitorado, diminui a probabilidade de problemas repentinos. Monitorar e gerenciar nosso ambiente é uma atividade crucial nos dias de hoje, veja como tirar o maior proveito disso.

Cloud Continuous Integration –  A distributed approach using distinct services

André Rocha Agostinho – andre@magnadev.com.br

Em serviços de computação na nuvem a capacidade em compartilhar e disponibilizar serviços, escalar recursos computacionais e distribuir armazenamento de dados e arquivos exige um processo de implantação alinhado à agilidade e escalabilidade. Na era do “DevOps” a integração contínua possibilita um processo automatizado com o objetivo de reduzir o esforço operacional de equipes de desenvolvimento que se empenham em equilibrar entregas com qualidade e reduzir o “Time-to-Market”. Com o crescente aumento de serviços distintos de computação na nuvem, a integração contínua necessita atender diferentes plataformas, o que torna o processo de implantação ainda mais complexo. Este artigo tem como proposta demonstrar uma abordagem de integração contínua distribuída para diferentes tipos serviços de computação na nuvem cobrindo desde a configuração do processo à apresentação dos resultados em ambiente teste.

 

Transformação Digital – Onde se encontra a Indústria

Daniel Raisch – raisch@br.ibm.com

Passados dez 10 do ínício do se convencionou chamar de Transformação Digital,  as principais iniciativas que caracterizam essa transformação como Cloud, Mobile, Analytics , atingiram sua maturidade e já estão na agenda de prioridades de mais de 70% das empresas brasileiras.    Nessa apresentação vamos mostrar a curva de evolução dessas iniciativas ao longo desse período e qual o estado da arte em que cada uma se encontra na indústria.

Monitoramento contínuo em dia de pico de consumo ajuda a determinar o número ideal de processadores LOGICOS definidos numa partição ZOS mainframe

Maria Isabel Soutello (IsabelSoutello) – migdsbel@gmail.com

Em período de pico pode ser necessário aumentar os processadores online numa partição sem prejuízo das outras no mesmo CEC e/ou mexer no peso direcionando mais capacidade para atender a demanda extra.

Medidas como “load average” e “# processors parked” quando salvas durante período monitorado e analisadas, podem corrigir ou refinar “tamanho” das LPARs, definido inicialmente no plano de capacidade.

Relação entre “load average” e # processors online” é mais exata que “% MVS utilization” para determinar número ideal de CPs lógicos, e “# processors parked” ajuda determinar % LPAR weight ou garantia no CEC.

CMG Brasil 2013 – APM end-end Multiplataforma

CMG Brasil 2013 – Disk IO Benchmarking in shared multi-tenant environments

8º CMG BRASIL PERFORMANCE AND CAPACITY PLANNING CONFERENCE

O CMG BRASIL convida todos os profissionais das disciplinas citadas e também a comunidade em geral de TI que tenham interesse nesta área para o próximo encontro  técnico nacional:

 

Data: 07/08/2013

Horário: Das 8:30 às 18:00 horas

Local:  Faculdade Oswaldo Cruz

Endereço:  Rua Brigadeiro Galvão, 564 – Barra Funda – São Paulo

CEP 01151-000

Estacionamento: ao lado da Faculdade na Rua Brigadeiro Galvão

Metrô: Estação Marechal Deodoro

 

As inscrições estão abertas até 31/07/2013, e recomendamos inscrições com a maior antecedência possível, devido a limite de vagas.

Inscrição para Novos Membros       :  R$ 190,00 (cento e noventa reais)

Inscrição para Membros                    :  R$ 164,00 (cento e sessenta e quatro reais)

Inscrição para Estudantes                 :  R$ 55,00 (cinquenta e cinco reais)

Inscrição Palestrantes                       :  Isentos

As inscrições deverão ser feitas através do endereço paulaiochpe@gmail.com ou pelos telefones 11 4193-5096 e 11 9.7366-6598.

 

Pagamento da inscrição:  Por meio de depósito.

Favorecido: Computer Measurement Group Brasil – CNPJ: 08.513.920/0001-15

Banco: Banco do Brasil S/A  (001) – Agência 6999-X  ou 0– Conta 000281-X ou 0

Comprovantes de depósitos com todos os dados empresariais ou pessoais: Encaminhar para o e-mail, a fim de viabilizar a emissão de NFE (nota fiscal eletrônica) e cadastro.

Reserve sua agenda para um dia especial no encontro da sua comunidade de informática.

 

João Natalino de Oliveira                 Rodrigo Albani de Campos

Presidente                                                  Vice-Presidente

 

Patrocínio:
Logo CSC_BRASIL_transp_300px
logomaffei